quinta-feira, 25 de junho de 2015

Policia prende acusado de matar e esquartejar casal em Guarabira

As polícia Militar e Civil, de Guarabira, prenderam o homem acusado de matar um casal com requintes de crueldade na manha desta terça-feira (23) no Conjunto Lucas Porpino, em Guarabira. Paulo Roberto Rodrigues Santos, de 23 anos, conhecido como “Painha” utilizou uma faca peixeira e um machado pequeno utilizado para abater animais para esquartejar Severino Vieira da Silva, 58 anos e sua esposa, identificada apenas como Lia, que tiveram partes do corpo espalhados pela residência. O CRIME Casal é encontrado esquartejado dentro de residência Painha já trabalhou como marchante e tinha habilidades com corte e segundo a polícia, é conhecido na região por vender e consumir entorpecentes. Segundo nota divulgada pela Polícia Civil, ele teria agido e passado a noite toda bebendo com as vítimas para diminuir as suas chances de defesa. A polícia acredita que a motivação para o crime tenha relação com a ação de repressão contra o tráfico de drogas na região: os traficantes estariam obrigando os moradores a “guardar” drogas em suas residências evitando a ação integrada das polícias. Segundo depoimentos colhidos, o acusado expulsou o filho do casal de casa durante a madrugada e estava interessado em comprar drogas e queria dinheiro. Outra testemunha disse ter visto Painha saindo da casa das vítimas com mãos e braços sujos de sangue. A polícia apreendeu a faca utilizada pelo acusado. (Foto: Reprodução / PC) A polícia não descarta a possibilidade de crime de latrocínio. Após o crime, a Polícia Civil constatou um saque de R$ 500,00 por parte de uma das vítimas, Severino, e com o acusado foi apreendido cerca de R$ 300,00. Mesmo com a prisão de Painha, a Polícia segue em diligências no sentido de identificar e prender possíveis comparsas que tenham atuado nesse crime. Uma arma utilizada no crime foi apreendida pela Polícia.

São João sangrento na Paraíba regista 9 homicídios e 4 tentativas de homicídios

1º Homicídio: Na tarde desta terça-feira (23), véspera de São João, começou com violência na Capital. No bairro do Rangel, Alexandro Alves de Brito, 27 anos foi executado a tiros dentro de um carro. De acordo com a polícia, a vítima dirigia um Fiesta de cor prata e com placas da cidade de Cuité de Mamanguape pela Rua Osvaldo Lemos quando foi atingido por vários disparos e morreu dentro do veículo. O crime foi presenciado por várias pessoas que não quiseram falar com a polícia, mas a suspeita é de os assassinos estava de moto. 2º Homicídio: Por volta das 21h 35 minutos na Noite desta terça-feira (23) na cidade de Belém Agreste paraibano, um jovem de 20 anos de idade foi morto no meio da rua São Joaquim, ainda não há mais informações sobre o crime. 3º Homicídio: Por volta das 21h45 minutos na noite desta terça feria na cidade de Mari, uma discussão devido a fogos de artifício e som alto terminou com um homem morto e outro baleado. De acordo com informações, a vítima estava soltando fogos e com o som alto quando o vizinho pediu reiteradas vezes para que ele baixasse. Na última tentativa, o vizinho voltou com uma arma e atirou no pai e no filho. 4ª Homicídio: No bairro alto das Populares em Santa Rita, uma mulher foi encontrada morta em plena via pública. Ela foi identificada apenas como Dayana e já era conhecida pela Polícia Militar. Os motivos do crime e a autoria ainda não foram descobertos. 5º homicídio: Na cidade de Itaporanga, no Sertão da Paraíba na noite desta terça-feira (23) o Jovem identificado por Flávio Pereira Paulo, de 29 anos, foi morto a tiros no bairro Alto das Neves, próximo a Escola Jacinta Chaves. Ele estava em uma moto quando foi atingido pelos tiros. O motivo do crime ainda é desconhecido. 6º Homicídio Na noite de São João foi marcada pela violência na Cidade de Alhandra, um jovem conhecido por “Léo” foi perseguido e executado na Rua Antônio Soares no Bairro do Oiteiro. O crime aconteceu por volta das 22:30mn, segundo informes depopulares o jovem teria pulado o muro de uma residência tentando fugir dos algozes mais foi alcançado e executado com três tiros. Policia Militar foi acionado na tentativa de prender o autor do crime mais ate o momento ninguém foi preso, ainda segundo Policia Militar a vitima é ex-presidiário, o mesmo cumpriu pena por lesão corporal grave e teria saído da cadeia há pouco tempo. 7º Homicídio: Na noite desta terça-feira (23) ,a cidade de Curral de Cima um jovem foi alvejado e não resistiu aos ferimentos e morreu no local onde aconteceu o crime. A identidade da vítima e maiores detalhes não foi revelada ainda. 8ª Homicídio: Na madrugada desta quarta-feira (24) o jovem identificado por Valber Aislan foi alvejado com 4 disparos de arma de fogo na praça José Américo, a vítima não resistindo os ferimentos chegando a óbito no local. Policiais conseguira apreender 4 suspeito do homicídio para averiguação que já se encontra na delegacia da cidade de Sumé. 9º Homicídio: por volta das 5h30 minutos policias foram acionados que se encontrava o senhor, Irismar de Araújo, 46 anos foi assassinada dentro de casa no bairro de Mandacaru. 1º Tentativa: Ocorrência de tentativa de homicídio na tarde desta terça feria (23), Na Rua Irineu Pinto, no bairro do Varadouro, também em João Pessoa, um homem foi ferido a bala quando se encontrava na porta de casa. Ele foi socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, onde permanece internado. 2ª Tentativa: Por volta das 21h45 minutos na noite desta terça feria na cidade de Mari, uma discussão devido a fogos de artifício e som alto terminou com um homem morto e outro baleado, o vizinho voltou com uma arma e atirou no pai e no filho. 3ª Tentativa: Ocorreu n o bairro de Mangabeira VIII na madrugada desta quarta-feira (24), jovem é esfaqueado e socorrido para hospital de Trauma. 4ª Tentativa: Ocorreu na Madrugada desta quarta-feira (24), na cidade de Duas Estradas em festa de Rua, vítima foi socorrida por unidade de Samu. Fotos Grupo de Noticias

Homicídio em Belém PB

A noite desta terça-feira (23), para a quarta-feira (24) dia de São João, foi violenta Em Belém, Agreste paraibano, um jovem de 20 anos de idade foi morto no meio da rua São Joaquim. Ainda não há mais informações sobre o crime. Na cidade de Curral de Cima um jovem foi alvejado e não resistiu aos ferimentos e morreu no local onde aconteceu o crime. A identidade da vítima e maiores detalhes não foram revelados aind

Cristiano Araújo e manorada morre em acidente de carro.

O cantor e compositor sertanejo Cristiano Araújo morreu na manhã desta quarta-feira (24), aos 29 anos, após sofrer um grave acidente de carro. A namorada de Cristiano, Allana Moraes, 19, também estava no carro e morreu no local. O velório do casal será aberto ao público no Centro Cultural Oscar Niemeyer, em Goiânia (e não mais no Ginásio Goiânia Arena) –o horário ainda não foi revelado. Dono de hits como “Maus Bocados”, “Cê Que Sabe” e “Hoje Eu Tô Terrível”, Cristiano Araújo era, ao lado de Gusttavo Lima e Luan Santana, uma das revelações do sertanejo dessa década e era conhecido por incluir o ritmo do arrocha em suas músicas. Cristiano havia acabado de fazer um show na cidade de Itumbiara (a 200 km de Goiânia), na madrugada desta quarta-feira (24), quando o veículo em que estava capotou por volta das 3h da manhã na rodovia Transbrasiliana (BR-153), na altura do quilômetro 613, entre os municípios de Goiatuba e Morrinhos.

Carro onde o cantor Cristiano Araújo e a noiva estava foi destruído O sertanejo chegou a ser levado em estado grave, com hemorragia interna, para o Hospital Municipal da cidade de Morrinhos. De lá, foi transferido de helicóptero, mas chegou ao Hugo (Hospital de Urgência de Goiânia) já em óbito. Cristiano Araújo era uma das principais atrações desta quarta-feira no São João de Caruaru, tradicional festival de Caruaru, em Pernambuco. Ele deixa dois filhos, João Gabriel, de 6 anos, e Bernardo, 2. O acidente O inspetor Newton Moraes, da Polícia Rodoviária Federal, disse em entrevista ao programa “Hoje em Dia”, da TV Record, que “provalmente sono ou excesso de velocidade tenham contribuído para que o condutor –o senhor Ronaldo– tenha perdido o controle da direção, batido no canteiro central e estourado os quatro pneus do veículo”. Em comunicado, o Hospital de Urgência de Goiânia informou que “o cantor apresentava várias fraturas pelo corpo” e que “já chegou em óbito ao Hugo” –a morte foi constatada e registrada às 8h27 e as causas estão sendo investigadas pelo Instituto Médico Legal. Ao UOL, o sargento Leandro Mariano, do Corpo de Bombeiros de Morrinhos, disse que, de acordo com a chamada Escala de Glasgow, que mede o nível de consciência de uma pessoa e que vai de 3 a 15, o cantor foi resgatado do local do acidente já no estágio 10. Ainda segundo informações do sargento, o cantor e a namorada estavam no banco de trás do carro. O empresário do cantor, Victor Leonardo, estava no banco do passageiro, enquanto o segurança, Ronaldo Ribeiro, dirigia a Land Rover — ambos tiveram ferimentos leves e passam bem. “O motorista disse que não sabia como aquilo tinha acontecido, e foi transportado pela ambulância da prefeitura de Goiatuba que passava pelo local. O corpo de Allana foi levado para o IML de Morrinhos”, afirmou o sargento. Trajetória Cristiano Melo Araújo nasceu em Goiânia, no dia 24 de janeiro de 1986, cercado pela música sertaneja que sua família trazia como tradição. Aos seis anos, ganhou dos pais o primeiro violão e começou a se apresentar em festivais regionais. Aos 10, fez sua primeira composição e, três anos depois, gravou seu CD de estreia, com apenas cinco músicas, para participar do programa “Domingão do Faustão”. Ficou entre os melhores da região Centro-Oeste e integrou a coletânea “Jovens Talentos”, o que impulsionou sua carreira. Aos 17 anos, resolveu cantar como dupla. Chegou a gravar alguns trabalhos em CD, mas não teve o resultado esperado. Em 2010, seguiu novamente em carreira solo, desta vez com o CD e DVD “Efeitos”, com participações de artistas de renome nacional, como Jorge (da dupla Jorge & Mateus), Gusttavo Lima e Humberto & Ronaldo. A música que dava nome ao projeto foi seu primeiro sucesso, somando 5 milhões de acessos no YouTube. Com o primeiro hit, voltou ao programa de Fausto Silva, onde foi premiado por votação direta do público, e garantiu a sua participação em um dos maiores festivais sertanejos do Brasil, o Sertanejo Pop Festival 2012, que aconteceu em São Paulo. Já eleito uma das revelações do sertanejo, lançou em 2012 o segundo álbum, “Ao Vivo em Goiânia”, com participações de Bruno & Marrone, Fernando & Sorocaba, Israel & Rodolffo, seu pai João Reis, entre outros. Neste mesmo ano, chegou a ser preso por excesso de barulho em festa em um condomínio de luxo na região sul de Goiânia, mas foi solto mediante fiança. Em 2013, Cristiano lançou o CD “Continua”, com os sucessos “Maus Bocados” e “Caso Indefinido” (UOL).

sexta-feira, 19 de junho de 2015

Apresentador da TV Correio tem bens bloqueados pela justiça

O apresentador da TV Correio, Samuka Duarte, teve seus bens bloqueados por decisão da Justiça Estadual, que acatou ação de improbidade administrativa da Promotoria do Patrimônio Público de Santa Rita e expediu liminar determinando a indisponibilidade dos bens. A decisão é do juiz da 5ª Vara de Santa Rita, Gustavo Procópio Bandeira de Melo, e teve como base a ação ajuizada pela promotora de Justiça Anita Bethânia Rocha. O inquérito civil instaurado pela Promotoria do Patrimônio Público de Santa Rita constatou que Samuel Henrique Paiva (Samuka Duarte) manteve recebimento cumulativo de remunerações de cofres públicos, a partir do acúmulo ilegal de cargos. Samuka Duarte é servidor da Prefeitura de Santa Rita desde 1980, ocupando o cargo de professor de educação básica e estando à disposição da Secretaria de Comunicação desde 2008. Ainda segundo a ação, além do vínculo com o município, Samuka Duarte mantém vínculo funcional com o Estado, ocupando cargo de professor de educação básica, mas exercendo há cerca de 10 anos a função de assessor de comunicação do Estado. As investigações apontam que o apresentador da TV Correio chegou a acumular, no período de 2011 a 2012, até cinco cargos públicos nos municípios de Sapé, Mari, Bayeux e Marcação. A Promotoria constatou ainda que Samuka Duarte recebeu remunerações do município de Santa Rita sem a contraprestação laboral. Na decisão, o juiz Gustavo Procópio Bandeira de Melo reconhece que as provas apresentadas pelo Ministério Público atestam, em tese, "fortes indícios de ocorrência de atos imorais, ilegais e inconstitucionais que causam prejuízo ao erário e atentam contra os princípios da administração pública e da probidade administrativa, nos termos dos artigos 10 e 11 da Lei 8.494/92". A ação conclui que "concretiza-se uma plausível possibilidade de enriquecimento imotivado do réu ao, simultaneamente, ser remunerado por cinco órgãos públicos em afronta à Constituição e, mais ainda, a qualquer viabilidade lógica de efetivar contraprestação laboral de maneira onipresente em cinco municípios diferentes". Samuka Duarte apresenta o programa Correio Verdade, na TV Correio/Record, além de manter um programa matinal na Rádio Correio FM.

Ex-faxineiro ficou bilionário

Aos 16 anos, a vida do ucraniano Jan Koum estava longe de dar sinais de que teria um futuro como bilionário duas décadas depois. Nesta idade, ele era um imigrante ucraniano recém-chegado aos Estados Unidos com a mãe, ambos dependendo do ‘bolsa família’ governo americano para ter o que comer. Porém, tudo mudou quando ele e o amigo Brian Acton criaram o WhatsApp, o popularíssimo programa de troca de mensagens. Hoje, aos 39, o patrimônio dele é estimado em R$ 22 bilhões. Mas essa transformação radical não é o único acontecimento impressionante na vida de Koum, como se pode ver na lista a seguir. 10 FATOS INCRÍVEIS DA VIDA DO BILIONÁRIO DO WHATSAPP 1 – CAIPIRA: Apesar de ter nascido em Kiev, a capital da Ucrânia, ele cresceu em Fastiv, uma pequena cidade com pouco mais de 50 mil habitantes. Ante de ser a terra do criador do WhatsApp, o lugar era conhecido por ter conseguido sobreviver as revoltas cossacas e a Grande Guerra Turca. Atualmente, Koum vive no Vale do Silício, região da Califórnia famosa por sediar grandes empresas de tecnologia. 2 – CADERNOS NA BAGAGEM: Com muito pouco dinheiro para sobreviver nos EUA, a mãe de Koum, ao deixar a Ucrânia, se preocupou com o material escolar que o filho precisaria para estudar em terras americanas. De acordo com reportagem da revista Forbes, ela encheu a bagagem dela e de Koum com cadernos e canetas. 3 – ALUNO PROBLEMA: Koum teve dificuldades para conviver com os colegas no ensino médio nos EUA. Briguento, o jovem ucraniano criava muitos problemas na escola onde estudava. Mas isso não significava que ele tinha pouco interesse pelos estudos, pelo menos nos assuntos que lhe interessavam. Por meio dos livros usados que comprava, o futuro criador do WhatsApp foi aprendendo tudo o que podia sobre as redes de computador. 4 – FAXINA POR UNS TROCADOS: Apesar da família de Koum viver num apartamento fornecido pelo governo americano e também depender de benefícios sociais, o jovem tinha que trabalhar para ajudar nas outras contas da casa. Entre outros bicos, ele atuou como faxineiro num mercadinho. O primeiro emprego em tecnologia veio como testador de segurança digital na consultoria Ernest & Young. 5 – ORDEM DE RESTRIÇÃO: O temperamento difícil de Koum também lhe causou problemas nos relacionamentos. Segundo reportagem da agência Bloomberg, em 1996, um tribunal da Califórnia determinou que ele não se aproximasse de uma ex-namorada, por conta de violência verbal e física. Em 2014, o bilionário se desculpou por seu passado: “Tenho vergonha do modo como agi, e me envergo do meu comportamento.” 6 – AMIGO E SÓCIO NOS BILHÕES: Koum criou o WhatsApp junto com o amigo Brian Acton. Os dois se conheceram quando o ucraniano ainda trabalhava na Ernest & Young. Logo depois, eles foram trabalhar juntos no Yahoo. Em 2007, ambos deixaram o buscador e se deram um ano sabático. Durante o período, a dupla viajou para a América do Sul e participou de campeonatos de frisbee. 7 – REJEITADOS PELO FACEBOOK: No começo de 2014, o Facebook comprou o WhatsApp por US$ 19 bilhões (cerca de R$ 58 bilhões). Mas curiosamente, os dois fundadores do aplicativo de mensagens foram rejeitados pela rede social quando se candidataram a trabalhar na companhia de Mark Zuckerberg, em 2009. 8 – UM IPHONE MUDOU TUDO: Em janeiro de 2009, Koum comprou um Iphone. Imediatamente, ele percebeu que o telefone da Apple daria origem a uma indústria bilionária de aplicativos. Um mês depois, a empresa WhatsApp Inc. era criada na Califórnia. 9 – JANTAR RESOLVEU TUDO: A rápida ascensão e a popularidade do WhatsApp chamou atenção do Zuckerberg. Em 2012, o fundador do Facebook e Koum passaram a se encontrar em jantares e passeio pelas colinas do Vale do Silício. Em fevereiro do mesmo ano, um jantar definitivo selou a compra do app de mensagens pela rede social, que passaria ter o ucraniano como um dos seus sócios. 10 – PASSADO HACKER: Segundo reportagem da Forbes, Koum fez parte do grupo de hackers w00w00. Lá, ele conheceu os futuros fundadores do Napster, Shawn Fanning e Jordan Ritter. IG

Polícia prende oito e apreende armas e drogas em operação no Brejo

Oito pessoas foram detidas, entre elas uma adolescente, no início da manhã desta quinta-feira (18), durante a Operação Horda, desencadeada em conjunto com as Polícias Civil e Militar em Solânea e Bananeiras, no Brejo. Cerca de 10 kg de drogas foram apreendidos além de arma e animais silvestres. Oito pessoas foram presas na operação. (Foto: Divulgação) O objetivo da operação, segundo a polícia, era de cumprir 13 mandados, sendo 11 de busca e apreensão. As drogas foram encontradas enterradas num terreno, na comunidade do Poeirão em Solânea. Foram presos na operação: Evilázio Marcelino de Lira Neto, 22 anos; Tiago Silva de Santana, 23 anos; Carlos André Felipe de Fontes, 27 anos; Adriano Costa Campos, 20 anos; Edvania Rocha Barbosa, 30 anos; Carlos Roberto Felipe de Fontes, 26 ano e Marcela Amâncio dos Santos, 28 anos, eles foram encaminhados à delegacia de Solânea. Segundo a polícia, eles responderão por tráfico de drogas, associação ao tráfico, porte ilegal de armas, além de crimes patrimoniais e adulteração de veículos. Na casa de um dos acusados, a polícia encontrou cinco pássaros e duas gaiolas vazias, que caracteriza crime ambiental.